quinta-feira, dezembro 27, 2007

Eu insisto...

Nas famooooosas "Noticas comentadas"... afe!

Cafeteria usa meias para fazer chá na China
E o que eles usam nos pés?!

Lula: sem CPMF, PAC da Saúde fica 'truncado'
TÁ DE SACANAGEM COMIGO?! TÁ DE SACANAGEM COMIGO?!
Alguém pergunta pra esse safado porque ainda tem buraco na estrada se esse PICARETA disse que a "prioridade do PAC é a operação 'Tapa Buraco'"... alguém viu o Papai Noel por aí???

Loucura, loucura, loucura! Ê laiá... quando eu crescer quero ser igual ao Luciano Huck - mas sem casar com a Angélica...!

Diego Tardelli quer jogar com Ronaldo
Alguém explica pro rapaz que futebol é um dom?

Felipe aceita aumento de 200% e vai jogar a Série B pelo Timão
CAAAAAAAAAAAAAAAAAR***********LHOOOOOOOOOOOOOOOOO! Meu amigo, é não é que a prostituição tá em todas as profissões? Amici, pelo que ele vai ganhar ATÉ EU JOGO NO TIMINHO!... é, pensando bem... não jogo não! EUHAUEHAUEHAUHEAUHEUAHEU

Apple e Fox oferecerão aluguel online de filmes
Excelente! Isso é o futuro. Não adianta jogar contra a internet, ela está aí e nada nem ninguém vai conseguir controlar a budega! Boa Fox! E a Apple... pra variar!

Pra terminar... um video de uma música bem bacana! AEUHAEUHAEUHA!

http://www.youtube.com/watch?v=wApEidCCIRk

Saravá!

quarta-feira, dezembro 26, 2007

Ressaca Natalina...

Putzaqueospiru... tô de ressaca de tanto comer pernil e maionese! Cáspita!

Em breve, a prometida e aguardada TCHAM TCHAM TCHAAAAAAAAM.... RETROSPECTIVA 2007 (pobre Rede Globo)...

Saravá!

terça-feira, dezembro 25, 2007

Putz!


Rapaz... mas eu tinha até esquecido o que era passar mal de comer!
Eita!

Saravá!

segunda-feira, dezembro 24, 2007

É natal!

Ele foi um dos maiores da música. E graças àquele maldito cd da Simone, não há como desvincular essa música dessa época do ano.

John Lennon é muito feliz quando ele, numa música sobre o natal, nos pergunta o que fizemos. Afinal, desde o últomo natal - o que fizemos?

Outro dia a Sá me fez pensar que o Natal é a época em que procuramos alegria na alegria alheia. Quando comprar presentes, quem ganha somos nós - nos sorrisos alheios. No olhar surpreso ao aparecer no portão daquele amigo que não vemos há tanto tempo.
É no natal que abraçamos quem nos aguenta o ano todo e diz, bem apertado no ouvido - eu te amo!

Sabem, o Natal perde muito o sentido que tem de quando somos crianças. Ele meio que é antecipado - antes o tio de vermelho só chegava à meia noite. Quando não existem mais pimpolhos na noite de natal ela fica mais cinza, mas não menos importante.
Não menos natalina. Não sei. Não que minhas noites de Natal sejam tão mágicas quanto antes. Nada disso. Mas são noites de Natal. Quando por momentos breves, não precisamos pensar no mundo que fica fora dos nossos muros - por mais egoísta que pareça, não é. Pois no instante seguinte, chega a doer lembrar das crianças que nunca nem sonharam em comer a coxa do peru (eca, ô carne ruim essa) ou ganhar aquele bonequinho do homem aranha... os pais que são obrigados a ver os rebentos nessa situação. É um mundo cruel, mas eu jamais diria que é um mundo egoísta. Podemos ter sido egoístas um dia. Quem está no poder pode ser egoísta. Mas, eu prefiro pensar assim, a humanidade tem jeito.

Voltando ao natalino assunto, a noite de Natal ainda preserva, pelo menos pro Distinto Blogueiro, um "quê" que nenhuma outra noite tem.
Me vejo em alguns anos, quem sabe, com meus pimpolhos na sala... fazendo o maior suspense pela chegada do tiozão de vermelho... e, antes da meia noite, apagar todas as luzes da casa, só pra ver lampadinhas de Natal piscando!
É fugaz. É simples. Oras... é Natal.

Feliz Natal meus leitores e amigos.

Saravá!

PS:

"So this is christmas
And what have you done
Another year over
And new one just begun

And so this is christmas
I hope you have fun
The near and the dear one
The older and the young

A very merry christmas
And a happy new year
Let's hope it's a good one
Without any fear

And so this is christmas (war is over...)
For weak and for strong (...if you want it)
The rich and the poor one
The world is so wrong

And so happy christmas
For black and for white
For the yellow and red one
Let's stop all the fight

A very merry christmas
And a happy new year
Lets hope it's a good one
Without any fear

And so this is christmas
And what have we done
Another year over
And new one just begun...

And so happy christmas
We hope you have fun
The near and the dear one
The older and the young

A very merry christmas
And a happy new year
Let's hope it's a good one
Without any fear

War is over - if you want it
War is over - if you want it
War is over - if you want it
War is over - if you want it"

E nunca se esqueçam de agradecer!

All we are saying is give peace a chance!

Obrigado!

É natal!

Super herói de verdade??

É caros leitores, saiu no Omelete: um sujeito mascarado atuando nos limites de Nova Jersey e Nova York. O cara, aparentemente, se vestiu todo de preto (não, não é o capitão nascimento, até porque o capitão nascimento não salva ninguém. Ele bota na conta do papa) e resolveu dar um cacete nos bandidos que incomodavam um tiozinho.

Vejam o vídeo!

http://www.youtube.com/watch?v=rcCqOxbAMkA

Obviamente, trata-se de um viral da Marvel, a fim de promover o trabalho da excelente dupla Mark Millar (de "Os Supremos" e "Guerra Civil") e John Romita Jr (filho do lendário John Romita, tendo desenhado Hulk, Homem Aranha e Eternos).

O DB, que tem gasto os tubos em quadrinhos não pretende perder essa quando a Panini lançar em terras tupiniquins. A conferir!

Saravá!

sábado, dezembro 22, 2007

No entanto...

A vida é sua.
Você fala o que quiser.
Pra quem quiser.
Porque quiser.

Saravá!

Mudança de comportamento


"Aqui estou eu sozinho com o tempo que você me pediu".
E assim começa o post de hoje.
É Natal. Mas não é um post natalino (apesar de "Thank God it's Christmas" estar playando).
O DB teve uma semana ruim. Mas bota ruim nisso. Os oásis foram aqueles que estão sempre perto da gente.

Bom, eu gostaria mais de pedir um favor sincero aos meus leitores: por favor, NUNCA mudem seu comportamente em sete (eu disse SETE) dias.
Alguém aí consegue me explicar como que pode, um ser humano lúcido alterar seu comportamento em questão de sete dias?!
Rapaz, nem temperatura ambiente no pós bomba atômica varia tanto!

Não que a estabilidade faça parte das nossas vidas. O mundo está em constante mudança. Pra melhor (pra alguns) ou pra pior (pra outros). Não estou falando do processo natural de evolução do ser humano ou de mudanças climáticas (tipo, aquele puuuuuuuuuuuuuuta solzão e à tarde cai o mundo d'água nas nossas idéias). Falo das mudanças de comportamento anti-naturais, esquisitas e egoístas.
Aquelas em que o mundo é seu umbigo. E ai dele se reclamar! Aquelas mudanças cretinas, que não são nada além de uma tentativa desesperada de auto valorização. Valorizar-se em cima da dor alheia não é bonito. Valorizar-se perante o sofrimento de um igual - e sim, cães e galinhas são iguaizinhos a qualquer outro ser humano - não deve fazer nada bem. Seja sob humilhação, dor física ou tortura mental e emocional, não faça isso. Não se apequene, não chegue a esse ponto. Seja grande e valorize suas qualidades. Suas conquistas. Não perca tempo desconquistando. Nunca se esqueça que do outro lado, existe sempre alguém de peito aberto.

Saravá!

domingo, dezembro 16, 2007

Dizem por aí 1

Pois é, o Distinto Blogueiro não tem mais desculpas: a falta de postagem é em função da mais pura vadiagem.
Confesso.

Nesse meio tempo, estou eu fuçando no orkut alheio quando me deparo com textos muito legais. Não aqueles batidos, sem graça, marromeno não: são textos que vem a calhar.
Então, estamos estreando a sensacional sessão... pam pam paaaaaaaam!
"DIZEM POR AÍ!" (TU DU TCHÁÁÁ)

Trata-se de textos que valem a pena ser postados por aqui, cômicos ou filosóficos.

Contribuam!

PS: o nosso colaborador Vitor tem mandado centenas de coisas para eu postar. Tô sem tempo mermo meu filho, mal aíó!

Enfim, vamos ao texto:

"Apaixone-se definitivamente pelo seu sonho: o sonho de ninguém deve ser mais apaixonante que o seu.
Apaixone-se pelo seu talento, mesmo que seu senso crítico insista para você escolher realizar outras coisas, mais 'convenientes'.
Apaixone-se pelas suas memórias mais deliciosas, ninguém pode tirá-las de dentro de você e elas são excelentes fontes de inspiração em momentos de dor.
Apaixone-se por alguém, não espere alguém se apaixonar antes por você, só por garantia e segurança.
Apaixone-se mais pelo significado das coisas que você conquistar do que pelo seu valor material.
Apaixone-se por suas idéias, mesmo que tenham dito que elas não serviam pra nada.
Apaixone-se por seus pontos fortes, mesmo que os pontos fracos insistam em ficar em alto relevo no seu cérebro.
Apaixone-se pela idéia de ser verdadeiramente feliz, felicidade encontra-se de sobra nas prateleiras de seus recursos interiores.
Apaixone-se definitivamente por você!
Apaixone-se rápido!
O poder de decisão só pertence a você!"

Texto extraído de um profile do orkut que não vou postar aqui, pra garantir a privacidade do profiletado. Se você, caro profiletado quiser entrar em contato, deixe um comentário com seu email.

Saravá!

terça-feira, novembro 27, 2007

SPPC - São Paulo Peteca Clube

Pfffffffff... depois os caras querem sacanear com o Timinho da Marginal s/n!
Estou de saco cheio quando resolvo dar um pulo no Jacare Banguela. E eis que me deparo com isso... hahahahahahaha!
Que piada!
Pra quem quiser saber mais sobre a nova modalidade esportiva do auto intitulado "maior clube do universo", clica aqui!

Peteca... o moderníssimo departamento de márquetingui do clube já está de olho num patrocínio para a camisa. E o mascote é a galinha da Maggi... uehauehaueh!

É uma piada esse time cor-de-rosa...

Saravá!

TCC - FINARMENTE!

Pros leitores que quiserem acompanhar as aventuras dessa turminha muito louca!
HAHAHAHAHA!



Saravá!

sexta-feira, novembro 23, 2007

A bandeirinha do escanteio


Você já foi pra "escanteio"? Já? Quantas vezes numa semana só?
Tem horas na vida que a sensação não é a de ter sido jogado para escanteio - é como se você fosse a bandeirinha do escanteio mesmo... não sai nunca de lá.

Saravá

quinta-feira, novembro 22, 2007

Meio de provas

Sim, o DB ainda está em prova.
Não, não estou estudando. Mas serve de desculpa.

Saravá!

quarta-feira, novembro 14, 2007

Isso não é uma agenda telefônica... é a bíblia seu animal!

Pois é, e eis que o colaborador-mor do Escambau me mandou (faz quase um mês, vá lá) isso aqui... é mole?
Como dizem os caras do Jacaré Banguela, faculdade de comunicação é para os fracos...

"Pede pra sair que esse corpo não é teu! Pede pra sair 0666"

Eu hein... vai que sai mermo?

Saravá!

quinta-feira, novembro 08, 2007

"Sem saber de gravidez, mulher dá à luz em avião"

Onde? Como? Cuma? Como é que pode um negócio desse... intestino preso? Bebês que saem de lugar nenhum? Médicos e enfermeiros no mesmo vôo?? Você acredita? Nem eu.
Clique aqui para conferir!

Agora... já pensou se pega?



É... e o senhor, senhor presidente, o que acha disso?



Rapaz, ontem era o vampiro boiola... quem é que disse que não existe meia grávida?!

Jesus, acende a luz!

Saravá!

quarta-feira, novembro 07, 2007

terça-feira, novembro 06, 2007

O fim do ciclo sem fim...


""So this is christmas
And what have you done??"

À todos os amigos da The Humemeah SA

Prezados,

Chegamos no fim do ano. Um ano de faculdade já se foi. Esse ano passou
realmente rápido mas eu não o deixei escapar. Ah não.
Fiz muita coisa diferente. Muita coisa que eu jamais imaginei fazer. Alguns
diriam que fui pelo mal caminho. Mas não há mal caminho quando se tem
pessoas boas trilhando juntas pelo mesmo lugar.
Meus amigos antigos, uns foram, mas os verdadeiros não há força - seja o
tempo, seja a distância ou a tristeza - que os levará do meu coração, alma e
pensamento. O máximo que pode acontecer é saudade. E isso é bom, pois
enquanto sentimos saudades de alguém essa pessoa sempre estará conosco.
A vcs, amigos do 1ma só posso agradecer. Pessoas maravilhosas que tive o
prazer de estar junto este ano. Que me levaram para um "mal caminho", que
nao me arrependo de nada. aproveitei muito bem meu tempo.
A gente sabe que nem todas as amizades que foram feitas aki vao durar pra
sempre. Mas algumas vao. Outros vao seguir caminhos diferentes - mas porque
nao levar saudades???
Talvez alguns nao estejam mais junto de nos no proximo ano. Talvez alguem se
va, a vida tem dessas coisas.
Neste mes de janeiro vou sentir falta de todo mundo.
Valeu "moçada", valeu por 2004.
Um Natal cheio de alegria e comida,
E que em 2005 a gente tenha força pra chegar la aonde a gente quer.

Um graaande abraço garupa,

Vinicius Baratta"

É... pura nostalgia. O Distinto Blogueiro ficando mais velho em breve... terminando a faculdade...
Humpf... hoje pela tarde eu estava chateado. Oras, como posso terminar a faculdade sem ter ao menos conhecido metade da minha sala! Todo mundo faz balada com os amigos da faculdade... e eu?
Eu? Oras... do que posso reclamar? Não tive festas. A única viagem que fizemos terminou no quilômetro 13 da imigrantes... eu, Eddie (in memoriam hahaha), Thais, Ana (outra que vazou), Tímido e Ricardo.
O email acima foi escrito no primeiro ano de faculdade, o do "famigerado The Emeah". Com a divisão do antigo "LA", nossa sala - a sala dos "refugos" - se uniu demais. Foi um ano só... mas perto da "outra sala", éramos demais!
Churrascos, viagens miadas, falta de mulher... hehehe... acreditem, foi bom.
Veio o segundo ano, e as amizades começaram a se firmar. Fiz outros amigos. Mas caras como os que estão na foto, são poucos. Estamos aí, até hoje.
É estranho ser "o mais novo" da turma - eu e o Tímido somos. O Magro é novo também... mas sei lá.
O Gustavo se distanciou um pouco agora no último ano. Diferenças culturais, nem sempre respeitadas, mas o convívio e a sensação de gratidão estão ali.
Tímido, Ricardo, Felipe e Magro com certeza são os mais próximos. Seja o Tímido com sua "workaholice", o Ricardo com sua ironia e pouco caso pela vida alheia, o Felipe com o habitual mau humor ou o Magro e suas imitações de quinta e trejeitos caricatos. Essa foto é o tipo de foto que a gente nunca mostra pros filhos. Mas ela é a foto que vai pro porta retrato: seja pela saudade, que mesmo com os anos vindouros, ficará. Seja pela nostalgia, dos dias em que tínhamos cabelo, liberdade e porra louquice. Seja simplesmente pelo fato de estarmos juntos todos os dias.

É um ciclo que se encerra. Outro está para começar. Que possamos ter a força da nossa amizade, verdadeira e pura, até a chegada dos anos.

Abraços fortíssimos. Rumo à última semana de aula...

Saravá!

quarta-feira, outubro 17, 2007

Partilhar o ócio... e o prejuízo...

Nunca fiz isso aqui. Mas como o Vitor (sem conotações sexuais) é colaborador do ambiente, sou obrigado a disponibilizar aqui o papo...

Pior que esse menino estuda... e me dá uma dessas... aff...

"Baratta Black diz:
nunca tinha ouvido falar rapaz... e olha que sou da blogosfera ueahuaeh
Vitor Hugo diz:
ehhh...tem muita gente nesse ramo
Baratta Black diz:
heeheheh é, tem mesmo
Baratta Black diz:
isso é bom demais cara
Baratta Black diz:
as pessoas QUEREM partilhar as coisas
Vitor Hugo diz:
logo, todos seguem os passos de jesus....PARTILHAR
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Baratta Black diz:
aeuaheuaheuaheuaeuhaue meu deeeus
Baratta Black diz:
isso vai parar no meu blog!"

Saravá

terça-feira, outubro 16, 2007

Pras meninas do Jardim Leonor

E a Bichona Loca Cena-sou-mártir bateu o recorde do Chilavert...
Antes que as simpatizantes do SPFW resolvam organizar outra parada gay por causa disso eu pergunto... quantos ele MARCOU PELA SELEÇÃO?
HEAUHEUAHEUAHEUAHEUAHEUAHEUHAEUHAEUHAUEHAUH!

De quantos títulos ele participou pela Seleção?

EHAUEHAUHEUAHEUAHEUAHEUHAEUHAEUHAEUHAUEHAUEHAUEHAUEHUAEHUAEH!

E finalmente... ONDE FOI QUE FALARAM PRA ELE QUE ELE É GOLEIRO?! SÓ SE FOR DE HÓQUEI! OU DE HANDBALL!!

UHERUAHEUAEUAUEAUEHAUEAHUEHAUEHAUEHAUEHAUHEAUEHUEHAUHEAUHEA

Que ridículo...

Saravá!

Não tinha falado "cacete"!


Falei e me arrependi.

É, em dias de "fúria noturna pós PCC" a gente chega em casa puto, cansado... e vê imagens como essa. E recebe telefonemas às 00:05.
É o que salva a humanidade da segunda bomba atômica... ou do blogueiro incorporar o Capitão Nascimento/Frank Castle e sair por aí destruindo tudo...
Valeu Sá e Rafa...

Saravá!

domingo, outubro 14, 2007

29


Não, não é aniversário do Dinstinto Blogueiro.
Na verdade, "poucas" foram as vezes que comentei sobre música por aqui. Geralmente publico e comento sobre Pink Floyd, Doors, Sinatra, Los Hermanos... ou seja, músicas de alto nível técnico e com poesias ao invés de letras.
O que poucos (hem?) sabem é que o blogueiro, antes de virar gente, era fã incondicional de Legião Urbana. Sim, as letras furiosas e passionais de Renato Russo preenchiam o espaço vazio da mente (pré) adolescente deste que vos escreve.
Era uma época boa, eu acreditava em protestos e na força da arte, da vontade, na força do povo brasileiro para mudar essa bodega de país. Ás vezes não sei se fui eu que desisti ou se era mesmo ingênuo...
Bem, o fato é que músicas como "Que País é esse", "Faroeste Caboclo" e "Será" estavam sempre na ponta da língua!! E tocando a todo volume (ainda bem que o DB só tinha som portátil na época...).
Fazer reflexões sobre aqueles dias é sempre complicado. Mistura-se saudosismo com a memória de um tempo que parece perdido... lembro-me bem que vivia pegando o "Mais do Mesmo" do Vitão emprestado euaheuahea...
Os roqueiros e músicos de plantão podem dizer o que for. Mas eu só tenho a agradecer a Renato, Dado e Marcelo. Eles me mostraram que o rock era a salvação do mundo hehehe...

Uma letra que eu demorei para entender, mas hoje é uma das que mais gosto dos caras:

"Perdi vinte em vinte e nove amizades
Por conta de uma pedra em minhas mãos
Embriaguei morrendo vinte e nove vezes
Estou aprendendo a viver sem você
Já que você não me quer mais
passei vinte e nove meses num navio
E vinte e nove dias na prisão
E aos vinte e nove com o retorno de saturno
Decidi começar a viver
Quando você deixou de me amar
Aprendi a perdoar e a pedir perdão
E vinte e nove anjos nos saudaram
E tive vinte e nove amigos outra vez"

Saravá!

E o feriadão...


O blogueiro não tem direito a feriadão. E porque não? Simples: TCC! Ou, PCC, como eu prefiro chamar essa bodega hehehehehe...
Enfim, passei a sexta feira fazendo a bagaça... a coitada da Kátia teve que arrumar essa pendenga inteira, e o resto do grupo ainda tem que ler e criticar mais uma (e última, grazzie dio) vez... é fróidi.
Nesse meio tempo, o blogueiro faz download de algo que ele sempre quis ter... FRANK SINATRA! RAPAZ! Que muito louco que são essas coisas antigas... vá lá... "Somethin' Stupid" é só uma das músicas do cara, mas que foda, que MUITO foda!
Eu queria ter aproveitado aquela época... bailinhos ao som de Sinatra!
Uma mais famosa... "My Way"... Iurruuuu!
É tão bom que eu não aguento hehehe...
Enfim... a letra aí embaixo para que vocês, queridos leitores, saibam um pouquinho do que tô falando!

"I know I stand in line until you think you have the time to spend an evening with me.
And if we go some place to dance I know that there's a chance you won't be leaving with me.
Then afterwards we drop into a quiet little place and have a drink or two.
And then I go and spoil it all by saying something stupid like "I love you"

I can see it in your eyes that you despise the same old lies you heard the night before.
And though it's just a line to you, for me it's true and never felt so right before.

I practice every day to find some clever lines to say to make the meaning come true,
But then I think I'll wait until the evening gets late and I'm alone with you.
The time is right, your perfume fills my head, the stars get red and oh the night so blue.
And then I go and spoil it all by saying something stupid like "I love you"

The time is right, your perfume fills my head, the stars get red and oh the night so blue.
And then I go and spoil it all by saying something stupid like "I love you""

Saravá!

quinta-feira, outubro 11, 2007

Quando a quinta é sexta...

...o DB não tem tutu pra ir viajar. É mole? É, mas como diz o outro, provoca pra ver o que acontece. Pior: ficarei em SP para terminar o PCC (ou, pros íntimos, Trabalho de Conclusão de Curso)...
Fódis né não?

Enfim, parece que o Renan resolveu se afastar. E o estranho é que foi logo em seguida à publicação da Moniquinha na Playboy... o que me leva a pensar: SE todas as amantes dos parlamentares brasileiros saíssem na Playboy, eles todos iriam ser afastados??

Uuuuuia... tô até vendo a capa: "A debandada do planalto: da cama pro fogo!" eauehauehauehae...

Aiai...

Saravá!

quarta-feira, outubro 10, 2007

Quando a Quarta é Quinta.


Oras, eis o DB se dirige ao empreendimento em que trabalha logo cedo, alegre e contente... será que o dia será bom? Será que o Esqueleto irá tentar invadir o castelo de Greyskull? Ih... não, nada disso.

Tava vindo hoje de manhã quando parei para ler alguns diários do "País da Piada Pronta" em que vivemos... vocês viram a Playboy da Mônica Velloso? Nem eu, blogueiro pobre que fica lendo jornal pendurado na banca.
Mas sabe quem tava vendo (alguns escondidos embaixo da mesa, outros no laptop mesmo)? Isso mesmo, os senadores. Será que se eu pedir eles me mandam por e-mail?
Pior é a senadora Ideli Salvati dizer que o fato de a Moniquinha ter ganho uns tutus a mais por ter arrancado a roupitcha "é constrangedor e depõe contra a imagem de um trabalho sério do Senado." Constrangedor é ela dizer que o Senado faz um trabalho sério... humpf.

Saravá!

Fonte: Terra

Da necessidade de saber de onde viemos.


Sabe lá Deus quantas vezes eu já não parei para pensar nisso. O DB, por vezes, se pega divagando sobre as pessoas ao redor dele. Mas não as mais próximas, aquelas que sabemos de onde vieram, quem são e como vão.
Talvez até aqui no Escambau já tenha falado sobre... é que me assusta a nossa pequenez, ou a imensidão do mundo em que vivemos. Já parou para pensar que cada janelinha que você vê acesa é uma vida, com um pai e uma mãe, dois avós e duas avós... manja? Vá lá, isso é São Paulo, por vezes no interior as pessoas se conhecem... mas mesmo assim. É tanta gente, mas tanta gente, que putz...
De vez em quando, pare e olhe para fora. Olhe para as janelas ao seu redor. Pare para pensar que ali tem uma vida (no mínimo, que pode até ser o assaltante), que veio de algum lugar, que tem pessoas à volta dela...
Diz a teoria das redes que estamos a 8 ou 12 pessoas de distância de qualquer um no mundo... é uma fina linha que nos separa do abismo.

Impressionante né não?

Saravá!

terça-feira, outubro 09, 2007

E nos bons tempos...

Esse post será feito aos poucos. Talvez acabe virando um dos únicos posts do mês até (exageraaaaado...)...
O fato é que hoje o DB está bem, bem até demais. Bem o suficiente para ficar cantando o antigo "Hino dos Maristas"... o que significa que o clima será nostálgico...
O fato é que fui atrás do bendito do hino na internet, e acabei indo parar no site oficial do colégio em que estudei. Estudei e virei gente, diga-se de passagem.
É impulsivo: ver fotos daquele lugar fazem os olhos marejar de forma inexplicável. Saudosismo barato? Talvez. Até porque nada pior do que passar pela adolescência hehehehe...

Sabem, eu acho que nunca vou esquecer minha mãe falando que eu precisava aproveitar o tempo de escola, que seriam os mais fáceis da vida. Eu não acreditava, como ela podia achar que aquela MALDITA prova de trigonometria era fácil? Minha mãe não sabia o que falava... era o que eu pensava.

Os anos passaram e a vida melhorou sim. Mas pior do que a vontade de crescer logo, é a sensação de que faltou tanta coisa lá atrás, que deixamos tanta coisa a ser feita... me dá desespero às vezes pensar que nunca mais vou vestir aquela calça azul, a camiseta que esquentava que só o cão... é... saudosismo... viver do passado...

Às vezes tento lembrar das coisas que passei por lá. E é impressionante como tudo é tão claro! Mal lembro o que comi no almoço, mas me lembro como se fosse hoje o dia em que vencemos o time de vôlei da 7ªB... ou no dia da formatura do 3º ano do colegial... eu não tava pegando o diploma... mas estava lá... era como se fosse a minha formatura... no fim das contas, abracei meus professores, meus amigos... amigos que até hoje se encontram e vivem como se ainda estivessem na aula de geografia!!

Caraca, que mais eu me lembro?? Hmmm... sala do joão!!! ahahaha... eu ia direto praquela tranqueira... e sempre porque brigava com o Luis. Adivinha? Pfff, nem parece que a gente se estressava tanto!! Lembro do Juan "Joel" euaheuaheuahea... caraca... o Gian vestido de galinha de lata! hueaeuahe... lembro do dia que colocamos a professora para fora aos gritos de "Xô Satanás!"... não que eu me orgulhe disso... assim como não me orgulho das mancadas com a professora Angélica, com a professora Rita... vá lá, a Rita eu não me arrependo não. Não se humilha ninguém porque não se fez a lição de casa (viu como não adiantou professora? Até hoje eu não faço trabalho ehaueaheuaheuhu)...

Eu lembro que tinha uma turma de moleque mais velho que me pegava pra pele... até o dia que a mãe do moleque pegou ele me bicando na quadra aeuheuaheuahe ele se fodeu! Valeu hem Thata! Ehehehe...

Putz, tem coisa bagaralho... as peças... os shows... o show de estréia do Protesto Civil! As músicas em homenagem ao Douglas... os rolos... que eu saí ileso! ehehehe... putz...
É estranho demais perceber que esse tempo não voltará. Que as coisas passaram... mas ao mesmo tempo estão tão vivas na nossa massa cinzenta... Quando tudo parece tão sem sentido, quanto tudo parece perdido é que percebemos a importância de jamais nos esquecermos daonde viemos. Se chegamos onde chegamos, foi porque passamos por caminhos jamais explorados, todos escuros... mas nunca, nunca sozinhos.

Aceito fotos.

Saravá!

E no fim do dia...

O saldo acabou sendo positivo. o DB ainda tá chateadão, às vezes as coisas mais simples de serem feitas parecem as mais difíceis...
Sei lá...

Que olhar triste é esse
No espelho que me encara
Em plena Segunda de manhã?

Por onde andaste para ter olhos fundos,
Tão fundos quanto o peso da tua alma?

"Felizes os de alma leve"...
Sim, o são
Tristes os que carregam o peso
Todo o peso que aguentam... e o que não aguentam.

Mal me olho no espelho,
Mal encaro as pessoas ao redor.

Dizem que o cara lá em cima
Só põe em cima da gente o peso que aguentamos
Pergunto: esse que carrego é o que posso
Ou ainda vem mais??

Saravá...

segunda-feira, outubro 08, 2007

A Incrível arte de irritar


Pois é, e enquanto algum posts atrás eu não pude deixar de lembrar as pessoas o valor que um simles sorriso tem, venho lembrar que às vezes eu sei porque não posso andar armado... é impressionante como as pessoas se esquecem pelo que passaram e quem esteve ao lado delas. Triste demais pensar que um ser humano significa tão pouco para o outro. Às vezes isso fica tão claro nas atitude alheias que o sorrir se torna tarefa árdua até para o mais contente dos bichos.

Saravá!

sábado, outubro 06, 2007

CAMA! CAMA! CAMA!

Povo e pova desse meu Brasil, lá vem o DB matar a saudade de novo.
Estou SUPER complicado, se não bastasse o meu TCC, ainda tô ajudando as meliantes do "Bonde" no trabalho interdisciplinar delas da Cásper... o que significa que um dia, quem sabe, estarei no Youtube hehehe...
Bom, como nesse exato momento o DB está na faculdade tentando fazer o trabalho, fica por aqui esse post. Em breve, teremos novidades, assim que eu repor as horas de sono que estão me faltando...

Saravá!

quinta-feira, outubro 04, 2007

Ô loco!

Tanto tempo sem escrever por aqui me deixa preocupado... peço desculpas a vocês negada.
Enfim, trocentas coisas acontecendo ao mesmo tempo agora... é TCC, é Healthwork, é tudo rapá! Ô ano ruim de acabar...
Bom, hoje o Distinto Blogueiro está chateadão, mas tem assunto para dedéu.
Vamos começar com o mais gostoso, nossa política!
Tava pensando, bem que podiam reerguer o Carandiru e transferir os parlamentares e membros do governo para lá. Viria bem a calhar né não?

Pois é, e nesse meio tempo, o DB chegou a se perder nele mesmo... é mole? É, como diz o outro, é mole mas sobe. Tem vezes que a vontade de sumir da face da Terra é grande demais... e bem que foi o que rolou nos últimos dias. O que eu aprendi? Que se conselho fosse bom, a gente não dava hehehe... não, não é conselho não.
Só sei que quanto mais dúvidas temos, mais instáveis somos. Não deixe de acreditar no que e em quem você é. Quebre paradigmas, seja desprovido de preconceitos, mas nunca, nunca, deixe de se agarrar em suas verdades. São elas que te mantém de pé, mesmo quando o mundo te deixa de joelhos. E olha que às vezes "o mundo" não são os 6 bilhões que estão por aí. Nunca deixe que te diminuam, aprenda com os seus erros. Com os alheios também. Mas JAMAIS deixe que te coloquem abaixo do que você é e do que conquistou. Bom, isso vale para mim, acho que vou escrever isso no espelho pra lembrar todo dia.

E o Parmera? Aaah Parmera... fui ao jogo hoje, contra o Náutico. Arrastamos (eu e Magro) o Ricardo para lá, já que o jogo era contra o "N-A-U-T-I-C-O", que é da terra de Ricardo... e não é que o Parmera virou a pelada? Jogão (no segundo tempo).
Aqui, quero relatar um fato: se você foi ao estádio, não leve nada, a não ser seu ingresso e documentos. Mas, se você não conhecer a legislação e um guardinha de mau humor te parar, não o trate mal, mas explique ao banana de pijama que vc é leigo, e que, principalmente, tem o direito de ir e vir. Ah, não entregar o documento (se ele pedir) é bom.
Não é que eu, um palestrino apaixonado como sou fui parado na porta do Palestra Itália? O motivo? Minha pasta de serviço. Se liga no diálogo:
"- O que você tem na mala?"
"- Material escolar. Quer ver?"
"-Magina, eu acredito no senhor. Mas não vai poder entrar."
"-Como assim 'Não vai poder entrar'?"
"-Não pode entrar no estádio com material inflamável."
"-E que eu mal lhe pergunte, quem foi que falou que eu tenho material inflamável aqui dentro?"
"-Papel é inflamável?"
"-Ah tá. Bom eu não sabia, então..."
"-Então o senhor não vai entrar."
"-Cuméquié?"
(Magro interrompe)
"-Mas porque todo mundo pode entrar com a mala e ele não?"
(O coxinha responde de forma "polida"):
"-Você é advogado dele?"
"-Não."
"-Então dá lincença."
(Ricardo pergunta ao coxinha):
"-Porque aquele cara ali pode entrra com a mala e meu amigo não?"
(Vinicius toma a palavra):
"-Olha, eu não sabia que não podia. Onde tá escrito isso?"
"-Na lei."
"-Que lei "seo" guarda?"
"- Da federação paulista."
"- Ah tá. Tô sabendo não, como sou leigo, o senhor já me orientou e eu não trago mais."
"-Mas você não vai entrar!"
"-Hem? Mas eu já comprei ingresso!"
"-Então o senhor guarda o material FORA do estádio."
"-Moço, eu vim de metrô. Vou guardar onde?"
"-Com ele você não entra."
(MAgro interrompe)
"-Só me responde porque ele não pode entrar e os outros podem."
(Coxinha irritado)
"-Perái, vc tá gritando comigo garoto? Eu posso te chamar de garoto pq eu sou mais velho que você."
"-Pode, claro, você tá de farda."
(Vinicius para Magro)
"-Magro, entra que eu já vou entrar, na manha."
(Vinicius pra coxinha)
"-Moço, eu vou entrar no meu estádio e ponto."
"-Vamos ali mais pra frente conversar. Entao, você não vai entrar."
"-Ah, vou sim. Já comprei ingresso e nunca ouvi falar disso. Qual o artigo está escrito?"
"-No... no... da federação. Vai ali para fora."
"-Eu não vou sair daqui. Quero falar com alguém do clube."
"-Não vai entrar. Me dá seu documento."
"-Não vou dar meu documento coisa nenhuma! (em tom de voz alterado, para a galera da fila): Mais alguém tá vendo isso aqui? Um PALESTRINO sendo proibido de entrar no próprio estádio!"
"-Você não vai entrar."
"-Ah não? Então vamos pro Jecrim (Juizado Especial Criminal).".
"-Hoje não tem Jecrim."
"-Como não? Tá no estatuto do torcedor!"
"- O estatuto é uma jurisprudencia e... você estuda?"
"-Qual a diferença?"
"-Tô sendo legal... seu nome (Vinicius responde)?"
"-Faço administração."
"-Então, eu sou formado e deixa eu te explicar... a federacao está acima do estatuto porque ele está abaixo dela, entendeu?"
"-Ela não está acima da Constituição Federal, que me garante o direito de ir e vir."
"-Olha, vou quebrar seu galhou, só porque você é educado... fala lá pro seu amigo que ele não é. Dessa vez você passa, mas lá na catraca você não vai passar não. (Cumprimenta Vinicius) Bom jogo, mas eu não vou torcer pro seu time...".

Cuzão é pouco para definir esse mané. Além de ter abusado do poder de execução da lei dele com o Magro, ainda me ameaçou. Queria ver se ele seria tão macho em dia de clássico. É fódis né não? O cara deve ter achado que eu era bobão e playboy só porque tava de terno... bundão.

E, não menos importante, temos os nossos finais de semana... três finais de semana EXCELENTES. Se melhorar um tiquinho que seja, estraga. Se liga na foto ao lado hehehehee...

Enfim, por enquanto é só. Ah! O Parmera ganhou do Timbu, com dois gols de Caio! Irra!

Saravá!

quarta-feira, setembro 19, 2007

Avaliação Ética e Moral


Piadinha de internet, mas que é excelente:

Teste o limite de sua ética!!!
Responda com sinceridade e então vc poderá auto-avaliar sua moral.
Trata-se de uma situação imaginária na qual vc deve decidir o que faria.
Vc está em São Paulo, em meio ao caos dos terríveis mo mentos de
enchente que ocorrem em épocas de chuvas mais intensas (daquelas capazes de
acabar com o apagão). Você é um reporter fotográfico que trabalha para a CNN (ou National Geografic, escolha vai) e está desesperado, tirando as fotos mais impactantes. De repente, vem o Lula com o Roberto Jefferson, a Martha Suplicy, Zé Dirceu, Delúbio, Palocci, Valdomiro Diniz e o Severino, todos em cima de uma caçamba, lutando desesperadamente para não serem arrastados pela correnteza,
lodo e pedras. No entanto, eles acabam sendo arrastados pela correnteza e vc tem a oportunidade de resgatá-los ou tirar a fotografia ganhadora do Prêmio Pulitzer, que daria a volta ao mundo ao mostrar a morte de tão famosos politicos.
Baseado em seus princípios éticos e morais, e na fraternidade e solidariedade humana, responda sinceramente:
.
.
.
.
Você faria a foto em preto e branco ou colorida?
=D

Saravá!

PS: esse foi um pedido do grande amigo Vitor. Valeu Vitão! Continue contribuindo hehehe!

quarta-feira, setembro 12, 2007

11/09/01 - O Dia que não acabou


A frase é parafraseada do Joelmir Beting, palmeirense verde-escuro.
Pois é, após 6 anos da tragédia americana, quem paga pelo que eles semearam somos nós todos.
O medo paira sobre toda a nação norte-americana e, enquanto a sociedade cada vez mais se abre para as questões globais - aquecimento global, web 2.0, cooperação tecnológica - ainda temos que assistir a vídeos de um barbudo podre de rico incitando seus iguais a tacarem aviões em cima de prédios cheios de inocentes ou a vídeos de babacas que acham que comandar uma nação é jogar WAR o tempo todo (e quando der merda, corre pro sítio do papai).
Enquanto isso, nosso querido presidente passeia pela Europa, vendendo nossa tecnologia por caixas de banana e esquecendo que estamos no meio de uma turbulência gigante na economia mundial - ah é, nos anos de "governo" desse outro babaca, ele nunca enfrentou isso.

Hoje o Distinto Blogueiro está afiado: afinal amanhã vão decidir se vamos continuar pagando a pensão da gostosa que o senador comeu e não pagou ou se podemos nos livrar de mais essa picaretagem. No que eu aposto?? Em pizza, claro!
Já falei por aqui que não adianta ficar fazendo protestinho e abaixo assinado. Isso não nos levará a lugar algum. O segredo está nas ações que tomamos a médio e longo prazo: diz aí pra galera, quantos livros você já foi ler para a criançada da escola estadual do teu bairro?

Saravá!

terça-feira, setembro 04, 2007

"Como se fabrica um campeão"


É caros leitores, não tem jeito. Se alguém que frequenta o ambiente gosta de futebol, e pior, não é torcedor do time do Jardim Leonor, não vê mais a menor graça no campeonato brasileiro desse ano.
Bem que podiam entregar logo a faica de campeão para as bailarinas, afinal, já deram todos os cheques pré-datados.
Segue aqui um link para o post que originou esse post. O blog em questão é o "Parmerista!", um dos melhores e maiores sobre o verdão.
Depois do jogo de quarta - feira, jogo desleal por parte das meninas, a revolta era tanta que confesso, nem senti a derrota... pois perdemos o campeonato na quarta-feira.
Tomara que um dia um time de futebol volte a ser campeão apenas jogando bola...

Saravá!

segunda-feira, setembro 03, 2007

E foi!

Pois é, e foi um ótimo fim de semana!
Regado a bons papos, Simpsons, gratas surpresas e pizza!
Só uma coisa me deixou encucado... mas isso não vem ao caso. Definitivamente, não vem.

O importante é que se a sexta-feira tinha sido bouuua demais, o fim de semana foi, no mínimo, surpreendente...

Saravá!

quinta-feira, agosto 30, 2007

Ueba!

Quase sexta-feira. Tem tudo pra ser uma boa sexta-feira... vamos torcer!

Saravá!

Pois é

Hoje, uma musiquinha pra agradecermos pela excelente tarde que tivemos com chiliques e porradas na mesa! Além de uma merluza nadando no estômago! Iurru!

"Pois é, não deu
Deixa assim como está sereno
Pois é de Deus
Tudo aquilo que não se pode ver
E ao amanhã a gente não diz
E ao coração que teima em bater
avisa que é de se entregar o viver (2x)

Pois é, até
Onde o destino não previu
Sei mas atrás vou até onde eu consegui
Deixa o amanhã e a gente sorri
Que o coração já quer descansar
Clareia minha vida, amor, no olhar (2x)"

Chupinhado do lestras.mus.br!

Depois ponho o link!

Saravá!

ABSURDO!

METERAM A MAO NO MEU TIME OUTRA VEZ! EM CASA! JUIZ SAFADO, LADRÃO, BANDIDO, CANALHA, CAFAGESTE! O SENHOR NÃOP DEVIA TER A CARA-DE-PAU DE SE DEITAR AO LADO DA SUA FAMÍLIA HOJE! SUJO! ENCARDIDO!

Saravá!

quarta-feira, agosto 29, 2007

A incrível capacidade de sorrir


É, hoje definitivamente não foi um bom dia. Depois de uma segunda-feira esquisítissima, a terça-feira não podia ser pior. Podia era ser melhor.
Aliás, a terça não foi de todo ruim, ela até que terminou bem... mas ô dia que demorou para passar amigos do Escambau!
O DB tava num humor razoável, até que decidiram acabar com o que restava de bom humor. Aí foi pancada pra qualquer lado... é, se tem algo que a gente precisa lembrar de vez em quando, é de um bom sorriso!

O tempo passa e cada vez mais aprendemos que o melhor da vida são as coisas mais simples... e um monitor LCD hehehehe!

Saravá!

segunda-feira, agosto 27, 2007

Se tudo passa?

Quando tudo o que acredito e defendo tá indo pra vala, não posso ficar quieto .
Perceber mudanças nunca foi tarefa árdua. Aceita-las, no entanto, são outros quinhentos.
As pessoas mudam, algumas pra sempre, outras por um período, mas nem sempre para melhor. Eu mesmo sei que não sou nenhum Buda ou JC, mas tenho plena convicção no que acredito ser o correto.
Viver corretamente o tempo todo é praticamente impossível. Perder seus limites, por vezes é necessário, até para expandi-los. Mas jamais aceitar invasão, depredação do que ou quem você é. Você geralmente tem mais qualidades que defeitos. Basta saber focar no que mais lhe aprecia. Falar sempre de seus defeitos, oras, nada mais fácil. Sempre sabemos onde somos mais fracos, mesmo que seja mais difícil para assumir. É mais fácil fazer dezenas de perguntas e deixar em aberto do que fazer as perguntas corretas, para ter suas respostas. É mais fácil apoiar-se em suas dúvidas do que em suas certezas. Dá mais trabalho, entende?
Mudar é uma forma de fazer mais perguntas. Quando começamos a encontrar as respostas é que fica mais difícil, pois mudar trata-se do mesmo processo todas as vezes em que isso ocorre: decidir, assimilar, executar, praticar o hábito e depois de tudo isso, mudar tudo de novo. Oras, e não se trata da mesma coisa quando falamos de nossas crenças, opiniões e certezas?

Saravá!

quarta-feira, agosto 22, 2007

Tomou?

Não gosto de ficar falando muito de rivalidade futebolística por aqui.
Mas não posso deixar barato hehehe!

Vejam o trecho que "chupinhei" do Parmerista! (o link pro blog em
questão tá aí do lado!):
"


22 Agosto, 2007


De bate-pronto

Gostou de aparecer na mídia um tal de Kalil Abdalla, diretor bambi de
sei-lá-o-quê. Vejam a tentativa de ser engraçadinho desse senhor, ontem,
no Painel FC da Folha:

*Dividida*

/"O Palmeiras ficou pensando no São Paulo e foi incompetente, de novo.
Perdeu o patrocinador"/

------------------------------------------------------------------------
De *KALIL ROCHA ABDALA*, do São Paulo, sobre a Pirelli não renovar com o
Palmeiras, que reclama lucrar menos com patrocínio que o rival

A resposta veio de bate-pronto. Na mesma seção, hoje, o vice-presidente
do Palmeiras, Gilberto Cipullo, deu a resposta, com direito a "pedala":

*Dividida* /
/

/Em 15 anos, o Palmeiras teve apenas dois patrocinadores. Já o clube do
Jardim Leonor, vive de fazer troca-troca/

------------------------------------------------------------------------
De GILBERTO CIPULLO, vice-presidente de futebol do Palmeiras, em
resposta aos são-paulinos sobre o clube ter perdido o patrocínio da Pirelli"

Chupa bambi!

Saravá!

PS: o título do post também é chupinhado. Créditos ao Tibé.

Pfff... hauheuaeuaheauheuaheuh

"Russos tentarão trazer satélite à Terra com um cabo"

Eheheheheheehe... precisa fazer piada?

Saravá!

terça-feira, agosto 21, 2007

Quando Tudo Está Perdido

É, aos poucos o Distinto Blogueiro vai voltando à ativa.
Confesso que o fato de ninguém sequer visitar ou comentar por aqui tem me desmotivado. Se bem que na atual situação, até bala Juquinha tá me deixando chateado hehe...

O post de hoje é praticamente um testemunho (calma, não sou pregador evangélico. Nada contra, mas digamos que o espaço aqui é livre para discussão). Calma, não vai sair nenhuma revelação bombástica daqui não. Nada mais é do que a descrição de um fato triste que ocorreu na noite de segunda-feira...
Estava o blogueiro a caminhar pela rua, com a musiquinha na orelha, o celular no bolso, pensando em como vai gastar o faz-me-rir do próximo mês quando de repente, não mais que de repente avisto um monte de coisa na calçada (tava sem óculos, nao dava pra identificar o que era pô!). Quando passei pelo "monte de coisa na calçada" reparei que eram "n" sacos de lixo abertos, sendo vasculhados por duas crianças...
(Pausa pra se recuperar).
.
.
.
.
.
.

É, pois é. Ainda vivemos num mundo em que pessoas morrem de fome e vivem sem a menor condição de dignidade, abaixo de nós, como se estivessem em outro mundo que não o nosso. O interessante é que na mesma tarde, ao sair do metrô Sé, um rapaz veio conversar comigo e pedir esmola... eu que nunca dou esmola tinha umas moedinhas no bolso e resolvi entregar a ele, pouco me importando se ele ia gastar aquilo indo embora ou com cachaça... literalmente pra "me livrar" do cara sabem? E à noite a cena que vi parecia um lembrete, que não dá pra se livrar disso, que o que falta é boa vontade e principalmente AÇÃO.
Ação sua, minha, do seu vizinho. Tem muita gente que faz o que pode por um mundo mais digno. Outros, fazem o que pode e o que não podem. E tem aqueles que simplesmente não fazem nada. E você leitor? E você, Distinto Blogueiro?
Até quando vamos compactuar com isso???
Tem umas duas ou três semanas, no dia 04 de agosto pra ser preciso, teve uma passeata pelo impeachment do Lulla. Até iria, não fosse o fato de já ter ido em passeatas e ter visto pouco ou nenhum resultado. Pior, fiquei me sentindo um babaca porque aquilo não fazia a menor diferença pra quem precisa mesmo. O Brasil não pode mais ficar parado esperando o governo ou a iniciativa privada. Ou sei lá quem.
A geração da década de 70 fez muito, mas muito pela liberdade política e artística. Hoje posso parafrasear Geraldo Vandré e Caetano, oba! Mas... de que adianta a liberdade de berrar a plenos pulmões "PORQUE NÃO!? PORQUE NÃÃO?" se eu tô gritando sozinho? Quanto mais pessoas puderem gritar "PORQUE NAO?", mais forte seremos.
Enquanto isso, o tempo não pára...

Saravá!

PS: no ano de 2000 o DB teve a chance de se reunir com muitos amigos em Curitiba. Um deles contou uma "parábola" muito interessante e que cabe muito bem aqui. Era a história de um pescador muito, mas muito velho que costumava caminhar na praia, todo fim de tarde. Certo dia uma tempestade cai, e o mar sofre com as ressacas. Ao fim do temporal, ele vai dar a costumeira volta pela praia e encontra um garoto ao lado de um monte gigante de estrelas e bolachas do mar. O garoto estava lançasndo-as de volta ao mar, uma a uma. O velho, sabendo que o garoto jamais poderia salvar a todas, diz ao garoto:
"Oras, você não conseguirá salvar todos esses bichos. Porque perdes seu tempo? Que diferença farás?"
O garoto, em toda a sua inocência responde ao velho: "Posso não salvar todas. Mas para aquelas que eu salvar, terei feito toda a diferença do mundo."

domingo, agosto 19, 2007

Uau!

Rapeize, esse negócio de internet é bão demais!
Agora o blogueiro tem internet banda larga!

Até vídeo no oyutube tô assistindo... vixééé!

Saravá (que o palestra entra em campo hoje!)

quinta-feira, agosto 16, 2007

quarta-feira, agosto 15, 2007

Luto - Luis Roberto

Porque na vida as pessoas se vão. Espiritual ou fisicamente, as pessoas se vão.
Nos deixam rastros, memórias de tempos que passaram. Mas deixam dor, angústia e, em muitos casos, desamparo.
Como prever que aquele aperto de mão, ontem à noite, na porta da faculdade era o último? Porque, a 4 meses do dia mais libertador dos últimos 4 anos?
Que selvageria é essa que tira as pessoas das nossas vidas, sem termos chances de nos defender? Oras...
Os minutos que passam, passam sem dó. Sem piedade do que ficou. O nosso tempo não aumenta, mas diminui. Uns tem um tempo extra. Outros, o tempo é mais longo. Não importa. Não agora. Não quando se tem dor. Quando se quer reagir... mas... como? Contra o quê? Contra quem? Porque?
Chega a ser piegas afirmar que devemos aproveitar o nosso curto da melhor forma possível. Porque de tão curto que esse tempo é e de tão imprevisíveis que são os acontecimentos, por vezes, um piscar de olhos é fulminante, decisivo. Pode ser o último.
Que cada abraço seja o último. Que as palavras que ficam possam ser as de conforto, as de esperança. As palavras em alto tom, destrutivas, que essas possam se apagar na ampola que insiste em correr.

Valeu ‘WO’, ‘psit’, ‘canela grossa’... Vá em paz Luis.

domingo, agosto 12, 2007

Sustentabilidade - BB

Pra quem não sabe, o distinto blogueiro curso o último ano de faculdade - o que significa, em termos chulos: "A PORRA DO TCC!".
Pois é, nada pior que perder noites de sono, noites de sábado e outras coisas mais para digitar uma PORRA DO TCC.
Mas como o blogueiro é uma pessoa pseudo-consciente, o tema do TCC do meu grupo é muito legal: Marketing Ambiental.
Éééé, sensacional não? Suuuper antenado com as tendências mundiais (mas também, que tipó de babuíno não sabe que o mundo tá IMPLORANDO por ajuda, pai do céu!?), politicamente correto! Legalzão mesmo.

O que importa é que esse post é sobre a campanha do BB, "opte pelo 3".
Não avaliei a mesmo a fundo, confesso que apenas vi a propaganda no começo do jogo do Palmeiras hoje de tarde.
A impressão que fica é que a campanha não é lá muito criativa, até ver a propaganda na Globo achava que era alguma coisa da Telefonica (empresa de telefonia fixa daqui de SP).
Ao longo da semana faço uns comentários mais "técnicos" (dentro das capacidades do quase-recém-formado). Mas o mais importante, e que o blogueiro acha válido, é a temática da campanha: tome 3 atitudes sustentáveis por dia. Coisas simples, como tomar banho rápido, apagar a luz da sala de jantar e sei lá, jogar o lixo no lixo. O tipo de coisa que não precisaria ser lembrada - mas ainda estamos num mundo em que se morre de fome.

Mais tarde volto com o link para o site da campanha.

Saravá!

terça-feira, julho 31, 2007

On the way home!


Rapaz, tava no ônibus vindo para o escritório hoje pela manhã, me deu uma vontade de pegar a estrada que não tá escrito!
Pra vocês entenderem: tá frio pacacete em São Paulo, mas o dia tá lindão: o céu tá azul de tudo, não UMA nuvem, o vento tá bem sossegadinho... já pensou uma estrada daquelas bem largas, com o asfalto parecendo um tapete, no Barattamóvel, ouvindo Eric Clapton? Uia!




Saravá!

segunda-feira, julho 30, 2007

Ainda sem máquina!




Ainda sem máquina, mas com uma dor de estômago dos infernos. Haja paciência pra caber nesse pequeno espaço de matéria, de carne, que me foi dado.



Ô dureza! Não sei se o que tá dentro da cabeça é que inchou ou se a caixa craniana é que tá diminuindo... não cabe!



Acho que sou esquizfrênico (ok, não se deve fazer piadas sobre esquizofrenia... mas parece que tenho sintomas). Acreditam que eu tive a proeza de brigar comigo mesmo (depois de brigar comigo mesmo??????????).



Enfim, tudo indica que, por enquanto, eu sobrevivi. Até que horas, não tenho a MÍNIMA idéia hehehehehe...







Tô pensando em fazer uma "crítica" do "Harry Potter and the Deathly Hallows", mas acho que não vai sair, principalmente em virtude do relógio, que anda muito aceleradinho...







Acho que doses de Norah Jones devem bastar para acalmar os ânimos por hoje... ou não!







Enfim, tem coisa bagarai pra comentar, desde Panamericano, passando por Brasília, Palestra Itália, livros, e TCC. Mas, enquanto o distinto blogueiro não tiver tempo, isso aqui fica às moscas mermo...














Saravá!

sexta-feira, julho 20, 2007

Luto.

Até quando seremos vítimas da incompetência alheia?
Luto por aqueles que foram e pelos que ficaram. Pelos que ainda sofrem com a tragédia do Airbus A320.

Que fiquem em paz.

Saravá!

terça-feira, julho 17, 2007

Tá frio saco!

Tem algo errado: tá frio e o blogueiro NÃO está de férias.

Hoje, o "adeus e até breve!" para a Mari. Ainda bem que já é quase sexta - feira (sim, o blogueiro é otimista).

Saravá!

segunda-feira, julho 16, 2007

Ainda sem computadô!

Pessoas, eu não esqueci desse blog anárquico e empoeirado. Ainda tô sem máquina em casa (viu Mari??). Tão logo ele volte, tão logo volto eu!

Saravá!

quarta-feira, junho 27, 2007

Out of Order!


Fala povo da Galiléia!

Por motivos de falta de computador (sabe Deus o que aconteceu com o meu) eu não tenho postado desde 12 de junho... vá lá, entrei em semana de prova também.

Espero sobreviver a tudo isso, pois em julho começo o meu TCC (de novo).

Rezem pela alma do blogueiro.

Saravá!

quarta-feira, junho 13, 2007

Há 14 anos..


Hoje, 12 de junho, não é dia dos namorados coisa nenhuma. Dia dos namorados é todo dia. 12 de junho é aniversário... do título paulista de 1993. A Sociedade Esportiva Palmeiras, há exatos 14 anos saía de uma fila de 16 anos.
O blogueiro, na época com apenas 6 anos, lembra apenas do clima que rondava a família.

Lembro-me muito bem, de todos sacaneando meu pai, o único palmeirense na casa de alguns amigos da família.
Quantas e quantas vezes já não ouvi falar desse título. É um épico legitimamente palestrino.
Para mim, este talvez não seja o maior jogo da história do Palmeiras. Afinal, nesta mesma semana, em 1999, meu time levava o caneco continental... com direito a Bigodes no banco e um santo embaixo da trave. Ah sim, Evair ainda estava lá.

Quisera eu ter minha idade hoje para assistir a este marco na história alvi-verde. Não pude. Me lembro que, na época, eu era fã mesmo era do Zetti. Mas, sempre que o Palmeiras jogava. Deus do céu, como eu torcia... eu assistia aos jogos, fui ao Palestra Itália quando ainda torcia para o time do Jd Leonor.. e ali vibrei como um verdadeiro palestrino, o sangue verde-itália corria nas veias... eu pulava, abraçava meu pai... se eu não me engano, fui a jogo contra o América de RP, o Palmeiras enfiou 6X0...
No mesmo ano, vi meu time enfiar 6X0 em algum outro em apenas 45 minutos (o primeiro tempo, me lembro, fora lamentável).

E aos poucos, principalmente com a saída do Zetti, a paixão da minha vida foi me conquistando, como uma menina que primeiro lhe olha, chama para conversar... e hoje, sou um eterno apaixonado pela Sociedade Esportiva Palmeiras. E, por mais que eu sofra, por mais que esta me faça chorar, não posso deixar de amá-la. Sofrer, afinal, é o fardo do amante... fardo verde, que hei de carregar até o fim dos meus dias.

Salve São Marcos!

Ê, Palmeiras minha vida é você!

Eô eô, Evair é um terror!

Al, al, al, Edmundo é animal!

Olê Porco!!

Puta que o pariu! É o melhor goleiro do Brasil!

Que Deus abençoe o meu amor...

terça-feira, junho 12, 2007

O monstrinho inquilino.

Que dureza que é quando as coisas acontecem de um jeito que não o que a gente quer ou espera.

Nessas horas, a única coisa que parece ser a melhor a ser feita é fazer as malas, pendurar a mochila e chispar... por aí, sem rumo, sem raízes, sem sequer lembrar-se de quem é.

Para quê, afinal, criar raízes ou vínculos? Cedo ou tarde, parece que serão arrancadas de nós, como se arranca um curativo. Só que aí dói mais... puxa pêlo.


Sabem, quando eu vim ao mundo, não me falaram que ia ser essa dureza toda. Não me disseram que ele iria me deixar de joelhos o tempo todo.

(Não acredito no que vou usar agora...) No filme “Rocky Balboa”, o lendário boxeador italiano ensina ao seu insosso filho que o mundo é um lugar cruel, frio. E que não se mede o quanto você é forte por bater, mas por quanto tempo você pode apanhar e agüentar.

Melado? Batido? Clichê? Talvez. Mas, como Peter Parker diria, os clichês existem porque são verdades que se repetem.

Seria o blogueiro e seu jeito de encarar as coisas um clichê? Ou seria o blogueiro um maníaco depressivo, com graves tendências bipolares? Pior: às vezes parece que o blogueiro se “auto-arranca” as raízes, só para depois se lembrar de quem é, do que imagina estar fazendo aqui.

Quando nos afogamos num mar de dúvidas, nossas únicas chances de sobrevivência são nossas certezas. Que nem sempre são exatas, nem sempre... aliás, nunca são concretas ou calculadas. Mas são a única coisa na qual podemos nos agarrar e termos certeza do que somos.

O único perigo é quando nossas certezas nos levam cada vez mais fundo...

Maaaanhê!

Saravá!

Walk On, Walk on... ‘cause I’ll be there for you.

Mas que caramba...

É, post atrasado mesmo. E vai ser curto, que amanhã acordo cedo!

Bah, ainda tô de péssimo humor por causa do Palmeiras. Tô começando a achar que o problema é meu pé frio... ai Jesus... acende a luz... que no fim de semana tem meio time fora... poutz!









Enfim, hoje voltamos às atividades normais, e, como todo ser humano que entra de férias, voltei perdidinho. Que dureza que é voltar de férias... bons eram os tempos que eu podia dormir... ou hibernar... ZzZz...

Eu sei que tô devendo uma análise das férias do blogueiro, mas... péssimas notícias! O blogueiro estará em época de provas a partir do mês que vem... ou seja, se nao sair essa semana, só nas próximas!


No mais, hoje li uma notícia no Terra que, além de me espantar, me deixou MUITO PUTO: cês acreditam que o Evo Morales catou uma foto de um tenente brasileiro, editou a bandeira canarinho, colocando a bandeira do paísinho (existe isso?) de m***a dele!!!!! E ainda falando que eles apóiam a ONU! Aaah, eu sei que apóiam, invadindo as nossas petroleiras com as forças armadas, ô se respeitam a ONU...

Vi esses dias uma propaganda do governo sobre o ProUni. Confesso que não sei se a informação é verídica, mas parece que os alunos que têm essa bolsa têm tido ótimos resultados nas universidades... tá certo que abrir curso ou faculdade tá mais fácil que abrir boteco, mas eu tenho no escritorio um exemplo de aluno do ProUni... e ela é bem mais dedicada que eu! Então, que venham mais universitários e vamos fazer desse país um lugar minimamente decente para se viver. "Vem vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer". E viva Geraldo Vandré!
Saravá!


PS: este blogueiro está honrado por constar na lista de links de um dos melhores espaços alvi-verdes da internet, o Parmerista! (link ao lado). Obrigado ao amigo palestrino Conrado! Esse, que merece todos os aplausos possíveis, pois o Parmerista é um sucesso! Obrigado pela honra meu caro!
PS2: o blogueiro, em suas andanças pelo mundo, e através da pequena Gisele, chegou ao Jornal das Coisas Pequenas, da poetisa Rita Apoena. Vale muito conferir. Isso meus amigos, é arte.
Cirque du Soleil é para os fracos.

sábado, junho 09, 2007

Ainda sobre “O Jardineiro Fiel”

Estava lendo alguma coisa essa tarde que me fez pensar no filme, e na África em si.
Homem de negócios que sou, estava matutando: “Peraí, tem tanta empresa brigando por um espacinho no mercado global... mas... quantas pessoas vivem na África? Será que não vale investir um tutuzinho por lá para daqui uns anos ter um mercado consumidor novinho em folha, doidinho para gastar seus novos e ricos dólares? E, com isso, deixar de olhar para aquele ESTUPRADO (não consigo pensar em outra palavra para definir o que o mundo fez com nossos irmãos africanos) continente como “coitados” e dar a eles a oportunidade que lhes falta para sermos todos iguais, ao menos, nas condições competitivas e de vida.

Você, leitor-empresário, já pensou nisso? E você leitor-comum, já pensou que quando compra produtos importados, está tirando o emprego de um brasileiro, que poderia estar comprando o produto da fábrica da sua família?

É a teoria do caos: o simples bater de asas de uma borboleta pode gerar um furacão em alguma outra parte do mundo.

Sarava!

Sábado esportivo!

Pois é, eu perdi a virgindade em jogos da seleção... de vôlei. Estreei!
Bem, desde 1999 que eu queria ir assistir ao Bernardinho berrar na lateral da quadra hehehe... ah, e obviamente, assistir ao jogo tb!
Esse post ta sendo escrito na sexta à noite, portanto, só terei o resultado amanhã à noite.
“Pó titio blogueiro, mas a parada é de manhã!!”
Pois é pequenos leitores gafanhotos, mas à tarde vou me locomover até o Jardim Suspenso (o Palestra Itália manézão!) assistir ao embate do time da estrela solitária do Rio de Janeiro X Sociedade Esportiva Palmeiras, primeiro campeão mundial e campeão do século XX.
Espero dois espetáculos, no mínimo!

Saravá!

quinta-feira, junho 07, 2007

Notas de fim de férias...?

Bem, as férias do blogueiro acabaram. Sorte da minha chefe ehehehe... mas eu confesso que, workaholic como sou, estava até ansioso. Coisas da idade. Se bem que a saudades do pessoal bate, e bate pesado.
Hoje o post é sucinto, devo preparar algo um pouquinho melhor, mas como as férias só acabam após o feriado prolongado, deixa eu curtir um tiquinho a mais.

Só postando para colocar a temperatura em São Paulo nesta madrugada, regada a redação de TCC... confiram comigo na foto ao lado!!!


É negada, tava frio... eu parecia um vovô, com três meias (uma de lã), duas blusas, e duas carças.
















Aí, hoje a temperatura me bate nos 29ºC!! Palhaçada viu...








Bom, nada a comentar, são 02:57 e eu fui jogar bola hoje, tá tudo doendo. Depois eu posto direitinho!
Saravá!

PS: nada melhor no mundo que um sucinto chopp com os bons amigos! Manezito, meu velho, obrigado pelo companheirismo!

segunda-feira, junho 04, 2007

Domingo, pernil, futebol e... hem?!

Bom, agora que passou um bom tempo depois do jogo já, até dá para eu postar aqui.


Vocês têm percebido que ando meio "alienado" do mundo externo, né? Pois é, esse negócio de ficar no computador até as 04:00 da matina está me matando, além de eu estar precisando URGENTEMENTE mudar alguns hábitos... preciso assinar um jornal, levantar mais cedo e tomar café... o que tem me salvo nesses dias de férias é o café da manhã, pq almoço virou piada.

Hoje me dei ao trabalho de ir ao Palestra Itália... e é impressionante, quando alguma coisa pode dar errado, não tenha dúvida: irá dar errado.
Começou com o engarrafamento sem sentido perto da Barra Funda (sem sentido mesmo, nao tinha nada nem ninguém no lugar que tava travando o trânsito), depois a zona que tava para entrar no estadio. Por último, o time que também estava um desastre... ou seja, eu devia era ter ficado em casa. Pelo menos comi um lanche de pernil, nham nham!

De resto, confesso que foi um final de semana insosso: sem dinheiro, sem muié, sem nada... hauhauah... pelo lado bom, pelo menos assisti a "O Jardineiro Fiel", filme que entrou para a minha lista pessoal de "TOP 10 - Cinema"...




Bem, para quem não sabe, este filme foi dirigido pelo brasileiro Fernando Meirelles, logo depois que ele dirigiu "Cidade de Deus" (este sim eu não assisti hehe).





"O Jardineiro Fiel", muito mais que pela direção canarinho do filme, me chamou a atenção por ter um dos atores que mais admiro: Ralph Fiennes. Além de uma das mulheres mais bonitas do mundo: Rachel Weisz, outra que só faz filmes bons (se tiver a fim, procure por "My Blueberry Nights", ainda não saiu, mas para
ficar como melhor filme do mundo, falta a Liv Tyler uahuaha).

Bom, a dupla se sai muito bem na atuação (Rachel levou o Oscar de melhor atriz coadjuvante), e Meirelles manda muito bem na direção também. A câmera, que mais parece câmera de documentário, é feroz e mantém o público ligado na película o tempo todo. O vilanesco Bill Nighy (Piratas do Caribe, Underworld e Love Actually) faz o papel de vilão do filme e também se sai bem (Porque? Oras, se você fica com vontade de esganar o vilão do filme, é porque ele se saiu bem oras!).

As pontas que deixam o filme com clima de suspense são muito bem amarradas. O filme é baseado num livro de John Le Carre, acho, o que por si só já é amedontrador (pelo menos quem acompanha Harry Potter no cinema, leu e assistiu ao Código Da Vinci e Eragon vai entender o Blogueiro)... mas o cara que adaptou o roteiro consegue deixar o filme bem sucinto, bem amarrado e conseguimos acompanhar a película sem problemas.

É um filme violento e ao mesmo tempo poético. O final é, no mínimo, emocionante. É o tipo de filme que faz a gente avaliar onde estamos, para onde vamos...


Indicadíssimo pelo humilde blogueiro.


O Jardineiro Fiel
Título Original: The Constant Gardener

Gênero: Drama

Tempo de Duração: 129 minutos

Ano de Lançamento (EUA): 2005




Saravá!

sexta-feira, junho 01, 2007

Na grande cidade me realizar... morando no meu lugaaar!

Rapaz, que dia! Que dia... corrido!!!

Jesus!

Pelo menos aprendi duas coisas:
1 – o café da manhã É a refeição mais importante do dia (principalmente quando este se estende até o horário de almoço);
2 – NUNCA alugue 5 filmes ao mesmo tempo. Você não tem tempo nem de assistir e muito menos de copiar.

No mais, zanzetei de ônibus e metrô como um verdadeiro office – boy... olha o roteiro:
Cambuci à Aclimação à Cambuci à Bela Vista à Barra Funda à Paulista à Cambuci à Paulista à Cambuci.

A faculdade? Tinha aula?! Uia...

Nessas idas e vindas (bem, nessas e em outras também), o blogueiro constatou uma grande verdade: São Paulo está cheia demais! Tem fila para pagar metrô NO MEIO DA TARDE!!! Como isso!? Que tempo disponível é esse que as pessoas têm e eu não!? Ok, eu to de férias... mas é impressionante! Tem mais gente aqui que... em BH, por exemplo, que é bem maior... ridículo!

Cada vez mais este que vos escreve tem vontade de sair de SP. Eu amo esse lugar, mas não se tem mais a mínima qualidade de vida. E não importa o QUANTO você ganhe, sempre tem trânsito, calçadas lotadas (de pessoas e camelôs), ônibus e metrôs ENTUPIDOS (quem mora para a ZL daqui que o diga).
Fico cada dia mais impressionado com a quantidade de gente que cabe aqui. Gente, cachorro, mendigo... não que mendigos não sejam “gente”, mas essa “categoria” (se é que é politicamente correto “categorizar” as pessoas) tem aumentado bastante também...
Ainda não conheço outras capitais, além de SP e um mínimo de BH. Que, por sinal, é bem mais vazia, mas quando estive por lá, parecia que a cidade inteira estava em reforma. O metrô lá (que é do tamanho da linha verde daqui) é vaziozão até mesmo as 18h (juro!). Ok, não rola de ir sentadinho tranquilão, mas você entra no vagão tranqüilo, sem empurrar ninguém.
Se BH é melhor que SP? Não sei, não conheci. Mas que é mais vazia, é.

“Pô blogueiro, tu tá reclamando de barriga cheia rapa! Eu moro aqui na China e não tem lugar nem para colocar poste mermão!”
Éééé caro visitante chinês, concordo com o senhor que a situação por aí é BEM pior que a dos paulistas (que quem mora aqui é paulista e ponto. Bom, tem uns bolivianos por aí uhauah). Por isso mesmo que o blogueiro incentiva o PLANEJAMENTO FAMILIAR. Porque se São Paulo ta cheia, daqui a pouco é a Terra que não vai ter lugar nem para plantar milho.

Se você, caro leitor, estiver pensando em fazer da sua esposa uma usina de criança, repense. Tem muita criança pedindo e precisando de carinho em casas de adoção por aí. Elas já estão prontinhas, é só pegar e dar carinho e cuidar como um filho que saiu do ventre.
Angelina Jolie e Brad Pitt são ótimos exemplos. Porque não seguir os bons exemplos?

Vejam que o humilde blogueiro não condena quem preferir “fabricar” a própria criança. Pelo contrário. Crianças fazem um bem danado a qualquer ser humano. Por isso mesmo, ele apóia a adoção!!!

Enfim...

Saravá!!

quinta-feira, maio 31, 2007

Diversão!

Ver alguém "querer por inteiro e não pela metade!" me lembra uma certa banda do cenário Rock n' Roll nacional da década de 80 (que hoje não chega nem ao dedinho do pé do que era na época. Aliás, como nenhuma outra banda da época, o que é uma pena... enfim).


Os Titãs (o blogueiro está sem paciência para contar - lhes a história da banda. Se quiserem, cacem no Google) se destacaram no cenãrio nacional por suas letras "fortes" e música com "quê" alternativo. Além de se vestir mal pra diabo (como qualquer ser humano dos idos 80).


Uma das músicas (Diversão) traduz bem o que as pessoas de hoje têm como hobby: o excesso.


Diferente de desejar as coisas por inteiro, de forma completa, a completar as nossas necessidades e anseios, as pessoas buscam muito mais do que precisam para si.


Não digo apenas de bens materiais, mas buscam de forma incessante viver os dias passados, o fato de acharem que não levam uma vida boa, ou, como nossos representantes políticos... bom, esses têm medo de falir, afinal, trabalham muito e ganham pouco. Justo.


Ao longo dos anos, nota - se a crescente necessidade que a humanidade (salvo exceções) impôs para si: sermos cada vez mais profissionais, independentes, entre outras "qualidades" ou "competências". No entanto, no íntimo, as pessoas correm no sentido contrário a tudo isso! Elas não vivem "por inteiro", e, quando têm a oportunidade, não sabem dosar o suficiente do excesso!


No verso "Às vezes qualquer um enche a cabeça de álcool/Atrás de distração, mas eu digo:/Nada disso (nada disso)/Às vezes diminui a dor e a solidão/Tudo isso, ás vezes tudo é fútil/Ficar fébrio atrás de diversão/Nada disso, às vezes nada importa/Ficar sóbrio não é solução(...)", Sergio Britto e Nando Reis dizem que estar fora do estado racional é a solução que nos leva a sermos felizes.


No entanto, uma análise (subjetiva, vejam) mais profunda, mostra a crítica que os compositores fazem à nossa sociedade de "excessos perfeitos", tendo que nos manter "entorpecidos" para podermos viver!


Dizer que alguém precisa estar bêbado (ou qualquer coisa assim) para poder encarar e aproveitar a vida, interpretar a canção sob esta ótica é ser simplista.


Precisamos parar para nos colocar no lugar de vez em quando. Ou vamos nos entorpecer, seja de álcool, seja de nossos amigos, mulheres e famílias, esquecendo - nos do que realmente importa para o indivíduo.





Diversão
Titãs
Composição: Sérgio Britto/ Nando Reis

A vida até parece uma festa
Em certas horas isso é o que nos resta
Não se esquece o preço que ela cobra(é meu irmão se a gente não quer!?)
Em certas horas isso é o que nos sobra.
Ficar frágil feito uma criança
Só por medo ou por insegurança
Ficar bem ou mal acompanhado
Não importa se der tudo errado
Às vezes qualquer um
Faz qualquer coisa
Por sexo, drogas e diversão
Tudo isso (tudo isso)
Às vezes só aumenta
A angústia e a insatisfação
Às vezes qualquer um enche a cabeça de álcool
Atrás de distração, mas eu digo:
Nada disso (nada disso)
Às vezes diminui a dor e a solidão
Tudo isso, ás vezes tudo é fútil
Ficar fébrio atrás de diversão
Nada disso, às vezes nada importa
Ficar sóbrio não é solução
Tudo isso, ás vezes tudo é fútil
Ficar fébrio atrás de diversão
Nada disso, às vezes nada importa
Ficar sóbrio não é solução
Diversão; solução sim
Diversão; solução prá mim
Diversão; solução sim
Diversão; solução prá mim
Diversão; solução sim
Diversão; solução prá mim
DiverssãoDiverssão
A vida até parece uma festa
Em certas horas isso é o que nos resta
Não se esquece o preço que ela cobra
As vezes é muito caro...
Em certas horas isso é o que nos sobra
Ficar frágil feito uma criança
Só por medo ou por insegurança
Ficar bem ou mal acompanhado
Não importa se der tudo errado
Às vezes qualquer um
Faz qualquer coisa
Por sexo, drogas e um pouco de diversão
Tudo isso (tudo isso)
Às vezes só aumenta meu irmão
A angústia e a insatisfação
Às vezes qualquer um enche a cabeça de álcool
Atrás de distração, mas eu digo:
Nada disso (nada disso)
Às vezes diminui a dor e a solidão




Ano: 1997
Gênero: Pop Rock
Procedência: Nacional
Warner; ASIN: 706301826720


PS: a outra música deles que cai bem nesse post é "Comida". Mas fica para a próxima!

Saravá!

terça-feira, maio 29, 2007

Vinicius de Moraes



"É melhor ser alegre que ser triste. Alegria é a melhor coisa que existe!"




Hoje, finalmente, consegui assistir ao documentário "Vinicius: quem pagará o enterro e as flores se eu me morrer de amores?", que eu comprei há mais de um ano atrás.
Para quem não conhece a história desse poeta/músico, vale muito a pena. Por conhecer, principalmente, o tamanho da obra e legado que ele nos deixou. O cara não era nenhum santo, óbvio - prum cara que casou NOVE vezes...
Não vou fazer crítica do documentário aqui, nem cabe - meu conhecimento cultural é altamente limitado no quesito "MPB".
Vou comentar apenas um fato que muito me chamou a atenção: o fato de que, segundo os entrevistados, ele não era o que parecia (de trocar de mulher a cada 15 dias, e com facilidade).
Pelo contrário. Segundo eles, Vinicius morreu "frustrado" por nunca ter encontrado o que queria... isso, fica claro nos versos "Que não seja eterno posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure"... ou seja, ele buscava o amor eterno, a mulher eterna - mas sabia que isso não existia, pois o amor é chama que se apaga.
Nos comentários de Tônia Carrero, ele sempre precisava do arder dessa "chama", isso o fazia feliz, completo!!!

Talvez as pessoas não entendam isso. Outros diriam que ele era apenas um picareta. Ou que ele não valorizava as mulheres - o que era um absurdo, considerando que para ele, boa parte de sua alegria era valorizar a mulher - pombas, "Garota de Ipanema" é do cara cazzo!
Ver que alguém como meu xará carioca precisava da chama ardendo em seu peito, faz o blogueiro achar que ele não é tão piegas o quanto parece...


Tempo: 124 minutos

Cor: Colorido

Ano de Lançamento: 2007

Recomendação: 12 anos

Região do DVD: Região 4

Legenda: Português, Inglês, Espanhol

Idiomas / Sistema de Som: Português - Dolby Digital 5.1Português - Dolby Digital 2.0

Saravá!

segunda-feira, maio 28, 2007

Madrugada, duas meias e um computador.

Impressionante como as madrugadas me consomem horas a fio.
Nunca fui lá um praticante da vida saudável, afinal, levantar às 13:30 todo final de semana, e este ser regado a fast food (junkie food) e televisão, não tem como considerar este ser pançudo um cara que esquente com coisas como colesterol e afins.
Isso significa que meus planos de levantar em plena segunda - feira (de férias) às 09:00 e preticar algum esporte são QUASE nulas. Mas nunca duvide de um pançudo querendo se regenerar hehehe.
Bom, são agora 02:49 da matina em São Paulo, tudo indica que a temperatura está por volta dos 13ºC - tá frio PACA!!!

Hoje foi um domingo atípico. Interessante essa coisa do domingo, eles geralemte são muito ligados às tradições - sejam familiares ou não.
Assisti ao "Piratas do Caribe 3: No fim do Mundo" e, ao contrário do que a círitica andou ventilando, o filme é muito bom sim. Acho que é o mesmo caso de "Homem - Aranha 3"... não é o filme que é ruim, mas a expectativa em cima dele que é.
Sinceramente, não vejo grandes diferenças no roteiro de HA1 ou HA3. Mas o primeiro veio como uma surpresa, já o terceiro, vinha como "o grande lançamento de 2007"... e, para o humilde fã aqui, o foi. Enfim, voltando ao domingo.

Bom, já não bastasse na sexta - feira o blogueiro ter tido a oportunidade de conversar com uma aluna do curso de letras da USP (que para quem não sabe teve a reitoria invadida na última semana, em função dos decretos do atual governador paulista), e esta pôde me explicar com mais detalhes as motivações do pessoal, na tarde de domingo entrei numa discussão com minha prima - que cursa Fisioterapia na USP de Ribeirão Preto - e esta pôde também esclarecer ao blogueiro algumas questões - pró invasão da reitoria da USP.

Claro que ouvindo os dois lados, o blogueiro pôde avaliar sob outra perspectiva a questão da "rebelião universitária". Ainda que este humilde cidadão não concorde com esta atitude, ele apóia os universitários que fazem a rebelião por acreditarem e lutarem por seus direitos de ESTUDANTES, e não por apoiarem este ou aquele partido (em tempo: para o editor, esta rebelião tem também o caráter político, além de mais trocentos picaretas que aproveitam para matar aula com o NOSSO dinheiro).

Com isso, óbvio, chegamos numa discussão político-social.
Ao chegarmos ao cinema pela tarde, vimos uma série de "novidades tecnológicas" - nem tão novidades assim, considerando que quem conheceu a Disney (que não é o caso deste) já havia visto...
Argumentei que o Brasil é um país atrasadíssimo. Claro que, se compararmos com Venezuela, Haiti, Congo ou Zimbabue, não estamos tão mal assim. Mas se pararmos para ver, estamos competindo - e perdendo mercado - para países de porte da Índia, onde as pessoas andam no centro das cidades de bicicleta - caramba, só São Paulo já parece NY!!!!

Ou seja, em virtude de tudo o que colhemos até hoje, vindo dos nossos "governantes", só nos deixa competir com a... Índia!!?!?!?! Peraí!

Passa da hora de parar para pensar o que queremos para nós e para a pátria amada Brasil... triste ver um povo tão batalhador sofrer com a miséria e ignorância. Mais triste é nos ver em caos por conta de políticos egoístas que pouco ou nada fazem por quem os colocou ali.
O problema não é o governo dar a "esmola". O problema é nos contentarmos com esta.

O Brasil tem jeito? Eu acho que sim (às vezes não, ok). E vocês, caros leitores?

COMENTANDO AS NOTÍCIAS DOMINICAIS

ES: Crianças desaparecidas são encontradas mortas
É... é disso que estou falando! E quem é o responsável por isso?

Silvio Santos entrou na dança do Siri
Tá certo que o "Pânico", uma vez ao ano inventa uma papagaida dessas (saída do Carioca foi a primeira, acho). Mas que os caras são inteligentes, isso não há de negar. A palhaçada deles, pelo menos, gerou algo de interessante. E, considerando o público - alvo do programa, pode influenciar a galera a tomar atitudes como esta. Parabéns Surita e cia.

Chávez acaba com TV mais antiga da Venezuela
É triste ver que, no mundo de hoje, alguns "ditadores" acham que irão conseguir impedir a circulação da informação, ou que as pessoas não terão suas próprias idéias.
É só acessar a World Wide Web, criar um pseudônimo e correr para o abraço, meus caros... desistam dessa obssessão por poder. Arrumem outro hobby, sei lá.

Enfim... é pouco, mas por hoje, é só.

Saravá!

sábado, maio 26, 2007

Ei, me empresta um cobertor?!

Boa noite!
No post dessa noite, vamos falar de uma das mais esquisitas sextas - feiras que já tive... (e olha que já foi um tantão delas).
Começou como um dia normal, abri os olhos, tomei um cafézinho... abri a geladeira... e "cadê o almoço!?!?!? Cuma!? Não tem armoço?!!"!!!
Bem, aí o instinto de sobrevivência (e a fome) me impeliram a ligar para a s4egunda-mãem-emchefe (e chefe de vez em quando) para ver se minha ilustre presença era bem-vinda no escritório da empresa (hehehehe, fui filar bóia. Contribuí com um guaraná 2L).
Bom matar a saudade das pessoas que estão no nosso dia-a-dia. Elas fazem uma falta... e exatamente por estarem no dia-a-dia é que nem percebemos a falta que fazem. Enfim.
Bom, até então, tudo corria bem. Resolvi fazer um programa diferentão (e barato) ir ao cinema no meio da tarde (Cinemark em promoção, tem que aproveitar hehehe).
Saí do escritório rumo ao metrô para descer na estação Santa Cruz... estava eu ao telefone, quando um "tiozinho" veio me chamar de "irmão". É, entrei no metrô sem pensar duas vezes.
Comprei meu bilhete, entrei no trem (estranhamente cheio por se tratar de um dia da semana!) e, ao descer na santa Cruz, me deparei com a foto ao lado:

Pois é, "FREE HUGHES", como o cartaz inteligentemente diz, "Abraços Grátis". Legal a iniciativa, afinal, as pessoas precisam mesmo disso de vez em quando. Me lembrei do post da Morena On the Rocks... coisas dessa paulicéia desvairada, onde não temos tempo sequer de abraçar os entes queridos...
Ao perguntar para a mocinha com o cartaz "Mas... porquê?"... a resposta simples, mas objetiva "Pôôôôôôôôô... o mundo anda tão sem amor! As pessoas precisam se abraçar rapaz!"...
É, sábio Renato Russo, que dizia que "O mundo anda tão complicado/e hoje eu quero fazer tudo por você(...)"...
Bom, a situação naquela BOSTA de shopping era lastimável. Acho que o único ser humano naquele lugar que assistiu "Jaspion" e "Bozo" e brincava de "He-man" era eu... só TINHA juvenil! Meu Deus, deviam ter crianças de 12, 13 anos sozinhos naquele lugar! Pô, na minha época, no máximo, eu passava a tarde na escola!!! Shopping! E sozinho!? Piada!
Malditos juvenis, resolveram assistir a estréia dos bucaneiros e entupiram a fila pro cinema. Resultado? Não assisti meu filminho da tarde e ainda gastei R$2,30 à toa (do metrô).

Resolvi comer alguma coisinha, afinal, já eram quase 16h. Como eu iria ao cinema mais tarde (aula para quê?), resolvi ir andando até a Consolação (Av. Paulista)...


Meu amigo... que delícia que tá andar em São Paulo (a pé, óbvio)!!!

Uma tarde agradabilíssima, com o sol se pondo e uma temperatura amigável: 14ºc.

Beleza não?

Bom, para finalizar o post... assisti com a pequena Rachel ao "Piratas do Caribe 3"... mas, antes de me apedrejar, saiba que nao assisti ao final do filme em virtude do metrô fechar às 23:20...


(- Que cheiro é esse?)
Sem contar que fiquei esperando os srs. Vitor e GianJuanito me ligarem (me ligam no meio do filme para avisar que era aniversário do André, não falam onde que é, e ainda me deixam esperando em plena Avenida Paulista, cheio de gente "normal"...).
No final da noite, a temperatura mais agradável ainda: 10ºC.
É, sexta-feira agitada... estranha... uu... bons eram os dias comuns! Eeheheh!
Complicado... mas vale a experiência (e as fotos do blogueiro estão IMPAGÁVEIS!)!!

Saravá!
PS: se alguém quiser aproveitar a promoção do Cinemark, clique aqui e vá para o site da promoção (cinema a R$4,00!).