segunda-feira, abril 25, 2011

Baila me

E essa gente idiota e pequena
que me diz o que pode e
o que não deve!

Que posso e devo,
Que devo e faço,
Que faço e ponto!

E essa gente pequena e apequenada
Que esquece daonde vem,
Que esquece pra onde vai,
Que esquece quem é
e quem foi
e quem queria ser.
(que eu não esqueço pra onde vou, jamais)

Saravá!

2 comentários:

Patricia disse...

Não esquece pra onde vai... E ne esquece de dizer! Saudades, meu caro.

Mari Demarche disse...

Porque parou de escrever?? Não abandona o seu "eu poético" não =P